29.1.14

comunicado:

Senhores (as) responsáveis por alunos (as) do Ginásio Municipal do Recanto e Escola Eraldo Tinoco,em função do quantitativo dos alunos e da portaria de matriculas instituída pela Prefeitura Municipal de Serrinha, faz-se necessário uma programação especial para o funcionamento das turmas referente ao ano letivo de 2014


Turmas:
Escola:
Turno:
Quantidade de turmas:
Pré
Eraldo Tinoco
Vespertino
01
1º ano
Eraldo Tinoco
Matutino
01
2º ano
Eraldo Tinoco
Matutino
01
3º ano
Eraldo Tinoco
Matutino
01
Mais educação
Eraldo Tinoco
Vespertino
02
4º ano
Ginásio do Recanto
Matutino
02
5º ano
Ginásio do Recanto
Matutino
02
5ª Série
Ginásio do Recanto
Vespertino
01
6ª Série
Ginásio do Recanto
Vespertino
01
7ª Série
Ginásio do Recanto
Vespertino
01
8ª Série
Ginásio do Recanto
Vespertino
01
Mais Educação*
Ginásio do Recanto
Vespertino/Matutino
02

* sujeito a ampliação de turmas 

16.1.14

Fora da Escola NÃO PODE!






SERRINHA LARGA NA FRENTE DA CAMPANHA FORA DA ESCOLA NÃO PODE

 
Com dois grandes eventos em Conceição de Coité e Serrinha na sexta-feira(06), teve início a Campanha idealizada pelo UNICEF Fora da Escola Não Pode - Cada criança e adolescente tem direito de aprender. Conforme declaração da Coordenadora Nacional do Programa Maria Rehder, o território do Sisal  e especialmente a cidade de Serrinha largaram na frente na adesão ao referido programa. O encontro em Coité foi realizado pela manhã na Câmara Municipal de Vereadores e contou com a presença dos Prefeitos Francisco de Assis e Osni Cardoso, este na qualidade de Presidente do Consisal.





Outros Prefeitos, secretários municipais, a exemplo de Gelcivânia Mota Presidente da UNDIME, o Diretor da Direc 12 José Jivaldo, vereadores, representantes de sindicatos e da sociedade civil também marcaram presença no local. Fizeram adesão na oportunidade 20 municípios do território.

A Coordenadora Maria Rehder teceu comentários à respeito de alguns índices apresentados na educação do País que são bastante preocupantes. Por exemplo: Existem no Brasil mais de três milhões e oitocentas mil crianças e adolescentes fora da escola.


 
Já em Serrinha o evento aconteceu no Espaço Mário Alves da Silva e teve a participação do Prefeito Osni, da Secretária de Educação de Serrinha Gelcivânia e outros secretários, vereadores, representantes de igrejas, representantes de sindicatos e de associações, presidentes de conselhos e demais pessoas da sociedade civil.



O Prefeito Osni falou da importância da campanha e pediu o empenho de todos os envolvidos nesse processo. A Secretária Gelcivânia reforçou as palavras do Prefeito e lembrou da importância de Serrinha largar na frente, conforme palavras de Maria Rehder.

 
Outros temas abordados por Gelcivânia foram: Eleição para diretor; família na escola; adesão dos municípios à campanha; formação dos conselhos, entre outros. Ao final foram distribuídos livros que tratam do assunto em pauta. Lembrando ainda que em Serrinha mais um município fez a adesão, totalizando 21 até o momento ainda segunda Gelcivânvia Mota, o foco principal do Programa não é só a matrícula em sí, mas, a permanência do aluno na escola evitando a evasão.



 
 
REUNIÃO DA SECRETÁRIA COM PROFESSORES
 
Com uma pauta bastante intensa aconteceu na AABB no último sábado (07), uma reunião entre a Secretária Gelcivânia e os professores da rede municipal. Entre os asssutos discutidos falou-se de calendário escolar, eleição para diretor, Prova Brasil, Apaesc, matrículas para 2014, entre outros.
 
Em virtude da Copa do Mundo no Brasil, o calendário escolar foi bastante debatido. Foram apresentadas duas opções para escolha da que melhor pode se adaptar à nossa realidade. Por maioria absoluta dos presentes a primeira opção acabou prevalecendo e nela contempla uma maior quantidade de sábados letivos, com maior folga nos dias de jogos da Copa.
 
Como não foi possível discutir todos os ítens da pauta, uma nova reunião ficou marcada para o dia 11, próxima quarta às 18:30 no mesmo local, ou seja, na AABB.

17.9.13

Conferência Escolar do Meio ambiente 2013


 

Este evento foi articulado pela secretaria da educação de Serrinha-Ba juntamente com a Escola Ginásio Municipal do Recanto com o objetivo de buscar alternativas de melhorias das relações humanas com o meio ambiente, em seguida o resultado deverá ser enviado para a próxima etapa, este evento aconteceu dia vinte e oito de agosto de dois mil e treze como parte das etapas constituinte para chegar a uma medida a ser adotada e transformadas em políticas em favor do natureza.

Inicialmente o diretor da escola supracitada, o Sr Rui Antonio Andrade Ribeiro, iniciou os trabalhos apresentando a metodologia do dia, com acompanhamento do relator do evento o Sr Jorce Marcelo Silva de Andrade (auxiliar administrativo deste Colégio), em seguida foram divididos quatro grupos de trinta alunos com suporte das professoras Luzia, Eliúde, Aline e lucinalva,  com os seguintes temas: Agua, Terra, Ar e fogo; depois os grupos partiram para a discussão que  formularam as propostas que logo em seguida foram para a plenária de votação na presença de membros da secretaria municipal da Educação, Câmara de vereadores, professores e outros funcionários, diante da coordenação do diretor anteriormente mencionado,  alguns alunos não participaram desta etapa, ficando cento e dois para a votação, no empenho de escolher da melhor proposta e os representantes para a próxima etapa da discussão.

Depois da analise das propostas com a leitura, explicações e tirada de duvidas dos outros grupos, a escolhida foi a referencia direta á resolução dos problemas sugestivos à ATMOSFERA (AR) com metade dos votos a favor, sendo que o grupo encabeçado pelos alunos (as) da oitava serie (nono ano) foi o responsável direto pela ideia a qual foi melhorada pelos demais participantes do evento antes da votação.  Já em relação aos delegados, apenas quatro candidatas se apresentaram para essa disputa, nenhum homem, então a questão de gênero não pode ser observado como critério de escolha, foram eleitas mediante situações predeterminadas pela coordenação geral desta conferencia, como membro efetivo, a estudante Emille Andrade Coelho, da quinta serie (sexto ano) e para membro suplente a estudante Taylane Santana Ribeiro, da oitava serie (nono ano)

Então ficou assim a ideia vencedora a qual será a representante de nossa escola:

Proposta nº 01 - Como preservar o ar puro?

Evitando o desmatamento, fazendo reflorestamento, andar de bicicleta evitar o uso desnecessário de veículos automotivos.

 

Proposta nº 02 - Como conscientizar a comunidade em relação á conservação do ar puro?

 Através de palestras que abordem os danos provocados á nossa saúde devido à poluição do ar e promover atividades saudáveis por parte da comunidade como um todo e passando a importância individual neste processo para que o resultado seja mais eficiente.

Proposta nº 03 - Como discutir na escola o assunto conservação da atmosfera (AR)?

A direção da escola deverá incentivar aos professores, principalmente os de disciplinas voltados a estes temas, a promoverem exibições de documentários e pesquisas como meio de educação ambiental e abordar a tradição em relação as metodologias de lida com os restos orgânicos no semiárido da Bahia (já que a grande maioria dos pais e alunos desta Escola são agricultores).

É importante que as prefeituras municipais participem do planejamentos das ações articuladas pelas escolas, mas que atuem mediante uma demanda local para juntamente com as secretarias ou departamento de Educação e Meio Ambiente, estes organismos trabalhem em cima das propostas contextualizadas, ou seja cada cultura pode tomar medidas diferenciadas na resolução de um mesmo problema seja ele em relação às queimadas, problemas com a poluição da agua, solo e/ou ar.  

Proposta nº 04 - Quem são responsáveis pela poluição do ar? E por quê?

A poluição é real e não estamos no futuro, o presente está transformando o futuro em incerto, tornando um assunto muito delicado e de fundamental importância neste momento.

E aquela fumaça malcheirosa que faz o ambiente mudar de cor, que faz a gente ter dificuldade de respirar, os maiores responsáveis são as chaminés de carros e industrias que produzem CO2 assim como o uso descontrolado de combustível a base de material danosos em grande parte não renováveis como petróleo...

Por isso e por muito mais a emissão de poluentes como gás carbônico e outros fatores provocam o aquecimento global e consequentemente a destruição dos recursos naturais do planeta sendo assim o resultado das políticas adotadas neste momento deverá refletir no futuro com consequências positivas ou negativas em relação à vida terrestre. 

21.6.13

Melhor São João das Escolas de Serrinha 2013 G.M.R.

Quadrilha Junina do Fundamental I


Quadrilha Junina do "Ginásio"


Premiação dos alunos exemplares do semestre do GMR


Professor Joselito (animando a quadrilha)

Diretor Rui Andrade

Estreia da Banda Swing do Rhagaaa



Apresentação teatral em defesa da preservação do Meio Ambiente, com a participação de alunos especiais (Risalva e Roberta)

Apresentação da Banda Pérola Morena.



apresentação do aluno especial Luan (cantando)

Banda Mistura do Forró

25.4.13

ESCOLAS ANEXAS AO GINÁSIO MUNICIPAL DO RECANTO

DEPOIS DE UMA AVALIAÇÃO CRITERIOSA REFERENTE ÀS ESCOLAS MUNICIPAIS DE SERRINHA, O DEPARTAMENTO DE PROGRAMAÇÃO E DEMAIS SETORES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, ESPORTE, CULTURA E LAZER DESTE MUNICIPIO, DECIDIU COLOCAR AS ESCOLAS ARLINDO LOPES CORREIA DA COMUNIDADE DE PORTEIRAS, ERALDO TINOCO DA COMUNIDADE DE LICURITUBA E RUBEM CARNEIRO DA LOCALIDADE  DE SOROCABA COMO ANEXAS AO GINÁSIO MUNICIPAL DO RECANTO.
ESSAS ESCOLAS FUNCIONARÃO COM OS ESTUDANTES DA PROPRIA COMUNIDADE, SE FOR POSSIVEL A FORMAÇÃO DE TURMAS, OS DEMAIS ESTUDANTES JÁ ESTÃO NO RECANTO.
"O NOSSO OBJETIVO É TRABALHAR DE MANEIRA IGUALITARIA, MESMO SABENDO QUE A ESCOLA CENTRAL (GINÁSIO MUNICIPAL DO RECANTO) TERÁ UMA DEMANDA MAIOR QUE AS SUPRACITADAS MAS ISSO NÃO NOS IMPOSSILITA DE DESENVOLVER NOSSA METODOLOGIA PEDAGOGICA. NO PRIMEIRO MOMENTO IREMOS RESGATAR O PRAZER DOS MORADORES DESTAS LOCALIDADES EM PARTICIPAR DAS DIVERSAS AÇÕES REFERENTES AO FUNCIONAMENTO DAS ESCOLAS (...) NÃO EXISTE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL COMUNITÁRIO, SE A BUSCA PARA ESSE PATAMAR FOR DE MANEIRA UNILATERAL.
VAMOS CONTEXTUALIZAR A EDUCAÇAO"

RUI ANDRADE
(GESTOR DO GINÁSIO MUNICIPAL DO RECANTO)

18.4.13

Pensamos diferente do tradicional, vamos construir uma nova metodologia educacional.

Projeto educando em parceria 2013/2014.
GMR
                  (1) -  CONTEXTUALIZANDO A EDUCAÇÃO
1.1 Nossa Historia
Historia – Descobrindo os fatos históricos da região de Recanto
 1.2 Sustentabilidade
Ciências/meio ambiente Identificando nossa realidade através da situação sazonal em torno da convivência com o semi-árido; Gerando uma proposta sustentável para o trato com o meio ambiente.
A HORTICULTURA Pratica será uma introdução neste projeto, por se tratar de uma forma ampla de demonstração dos diversos aspectos desta disciplina..  
1.3 Esportes
Educação física – Impulsionando gradativamente novas apresentações esportivas, sem desprezar o “futebol”, Apresentando esportes que desenvolvam o raciocínio lógico e que valorizem as diferentes apresentações de biótipos humanos. (gordos, magros, deficientes...)
1.4 Artes e cultura

Artes e cultura– Diagnosticar na teoria e pratica todas as apresentações artística/culturais da região do Recanto (com o apoio de voluntário), e desenvolver atividades estimulantes a essas praticas como; show de talentos, feira de ates e ETC.
1.5 Nossas religiões
Religião-Acompanhamento do desempenho dos estudantes em suas respectivas religiões, através de relatórios e reuniões.
(2) - Projeto baú de leitura
LENDO E APRENDENDO MAIS, de forma que leve essa proposta até a família.
(3) - Projeto: concursos de redação
IDEIAS ORGANIZADAS, a ideia é realizar eventos estudantis onde eles concorressem a prêmios, através de dissertações de conteúdos retirados das palestras realizadas pelos voluntários dos temas supracitados.
(4) - Estudantes nota dez
BONS ESTUDANTES EXEMPLO PARA TODOS. A ideia é fazer um diagnostico continuo para que a cada final de unidade os melhores estudantes sejam homenageados nas seguintes categorias; Nota e participação (um (a) por turma)
(5) - Projeto: somos brasileiros (as)
Fortalecendo o patriotismo. A ideia é estudar e cantar os hinos cívicos, nacional, estadual, municipal e local (do Recanto)
Tocar hino nacional periodicamente na escola.

(6) - Honra ao mérito
Homenagens ao nosso povo
Cada espaço do colégio irá ser batizado (através de uma seleção popular) com um nome de uma pessoa que foi Importante para nossa população de Recanto. Independente de onde funcione o colégio a nomenclatura será respeitada.
(7) - Escola familiar
Compartilhando tarefas
O objetivo principal é passar para a família visitada a obrigação de ajudar na educação. Essa ação será reforçada periodicamente nas reuniões com a comunidade escolar.
A família do aluno problemático será visitada pelo gestor escolar e se possível pelo seu (sua) professor (a).
Nesta visita serão pesquisados através da convivência familiar, os motivos que poderiam levar ao aluno a ter aquele comportamento.
Caso o estudante não melhore o comportamento, este será encaminhado a um profissional da área a o
(8) Planejamento de acessibilidade para o Ginásio Municipal do Recanto
Inclusão social
Consiste em possibilitar a participação nos diversos meios pedagógicos e estruturais em relação à Escola Ginásio Municipal do Recanto, de forma que estes alunos tenham condições semelhantes de desenvolverem seus conhecimentos e interação social.
Especificação das medidas a serem adotadas
 8.1 - Espaço juvenil
(Espécie de Radio Escolar)
Essa medida prevê a implantação de um sistema de som, que deverá cobri toda área correspondente ao colégio. Esse meio de comunicação terá um mini estúdio equipado de mesa de som, microfones, DVD, um Radio, TV e computador e ainda terá caixas de som espalhado nos diversos ambientes desta escola.
Alem de estimular a inclusão social, os estudantes com ou sem deficiências terão motivos para permanecerem no ambiente escolar nos intervalos das aulas e ainda poderão desenvolver a comunicação em seus mais diversos meios.
Nesta escola não tem alunos matriculados com deficiências auditivos, mas no caso da existência, estes terão um canal de comunicação, através do blog da escola.
8.2 - Mobilidade Humana
Prevê a construção de rampas de acesso para os ambientes da escola
Com essas medidas tornam de fato acessível a todos (as) os ambientes com desnível,
 8.3 - Tamanho adaptado
Prevê a adaptação de um banheiro para crianças e de outro para cadeirantes.
Essa medida vai possibilitar a utilização desses espaços sem que seja necessária a solicitação de um profissional da escola toda vez que uma criança e por ventura um cadeirante precise ir ao banheiro.